Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em nome do amor

É em nome do amor, e talvez por amor. É com nome próprio e de alma própria. É o lugar onde as palavras são mais do que elas. São simplesmente aquilo que quero que sejam, amor.

Em nome do amor

É em nome do amor, e talvez por amor. É com nome próprio e de alma própria. É o lugar onde as palavras são mais do que elas. São simplesmente aquilo que quero que sejam, amor.

Cruza-te comigo

Gosto de encruzilhadas. Não de labirintos. Que regra geral não levam a lugar algum ou levam a algum lugar que segue caminho nenhum. Ainda que sem saberes, houve quem se cruza-se, endorilha-se e me fizesse crer: "Ai cruzes". Ou então cruzes credo. Sempre te disse que precisaria de pouco para a me cruzar contigo. Sou cada vez mais fã do ocasional. Do destino. Do improvável. E novidade: de música, porque foi ao som dela que me cruzei contigo toda a noite. E é só isto que me chateia com tanta cruz, ainda não foi desta, que fiz a tua.

tumblr_la1brkMvJR1qbnvt1o1_400.jpg

 

2 comentários

Comentar post