Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em nome do amor

É em nome do amor, e talvez por amor. É com nome próprio e de alma própria. É o lugar onde as palavras são mais do que elas. São simplesmente aquilo que quero que sejam, amor.

Em nome do amor

É em nome do amor, e talvez por amor. É com nome próprio e de alma própria. É o lugar onde as palavras são mais do que elas. São simplesmente aquilo que quero que sejam, amor.

Não são estrelas, são balões

O céu ontem estava estranho. Deitei-me numa soleira de pedra, mesmo ao lado daquele restaurante que pela primeira vez me viu provar sushi, só para ver luzes de cor que se lançam ao ar e fazem imenso barulho. Olho para o céu, e não via estrelas. Estava inundado de pontos brilhantes que se moviam delicadamente pela brisa da noite. Não eram estrelas. Não eram ovnis. Eram balões de ar quente. Quase tão perfeitos como aqueles que sonho, quando me disseres, desta vez a sério, casa comigo. Adoro balões de ar quente. E não é de agora é de sempre. Um girassol, um balão e tu. E a minha vida não dançava, voava.

tumblr_m6t5x0lTXD1ro0v45o1_500.jpg

 

1 comentário

Comentar post