Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em nome do amor

É em nome do amor, e talvez por amor. É com nome próprio e de alma própria. É o lugar onde as palavras são mais do que elas. São simplesmente aquilo que quero que sejam, amor.

Em nome do amor

É em nome do amor, e talvez por amor. É com nome próprio e de alma própria. É o lugar onde as palavras são mais do que elas. São simplesmente aquilo que quero que sejam, amor.

Que azar tão grande o amor ser um fardo

Que azar tão grande o amor ser um fardo. E chegar aquela altura em que estou contigo não porque te amo mas porque assumimos um compromisso que nos compromete perpetuamente quando o amor um dia nos deixou. É injusto que dois corações se aturem em compromisso de estarem juntos. Ficamos ali ao lado um do outro, infelizes mas acompanhados, porque nos comprometemos e agora cumprimos a obrigação de uma felicidade pesada, quase tanto como um rinoceronte. Vivemos no mesmo habitáculo mas sofremos da longura de estarmos juntos sem amor. Já temos tantas obrigações. Que Deus me livre do azar de amar por obrigação. Da mentirinha de uma felicidade improvisada a troco de não estar só. No dia em que fé e infortúnio se mesclam, que o azar não seja amar -te sem amor.

1b908c4c5f1445e2ef971dcb1a8adc3b.jpg