Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Em nome do amor

É em nome do amor, e talvez por amor. É com nome próprio e de alma própria. É o lugar onde as palavras são mais do que elas. São simplesmente aquilo que quero que sejam, amor.

Em nome do amor

É em nome do amor, e talvez por amor. É com nome próprio e de alma própria. É o lugar onde as palavras são mais do que elas. São simplesmente aquilo que quero que sejam, amor.

Bipolaridade

A tua bipolaridade está a dar cabo de mim. Os planos diluem-se nas gotas que fazes precipitar. Os casacos compridos estão de volta e as sandálias não param de andar à volta nas prateleiras da sapateira, cá de casa. Eu gosto muito de chuva, sim. Mas quando o meu sofá estava quente. Quando a televisão me entretia e nos entretíamos em menos de nada, no abraço um do outro. Quando um dia cinzento era o pretexto ideal para me enrolar no cobertor e ficarmos ali (aí). Atencioso santo da chuva, por favor seleciona cuidadosamente o teu climax. Em menos de nada estarei em casa. E aí sim, poderás violentamente fazer a chuva bater na minha janela e embalar o meu sonho. Sem novidades, o mesmo sonho de sempre.

tumblr_maglquEQDI1rg99ibo1_500_large.jpg

 

Se até tu passaste

Querido passado: dirijo-me a ti com toda a ternura e saudade. Com todo o amor e respeito. Tenho um coisa para te contar. Acordei bem disposta. E queres saber da novidade? Há dias que não és a última coisa que o penso ao deitar, nem a primeira ao acordar. Acredito que agora, estejas tu indisposto. Ninguém gosta de perder o porto seguro. Tinha um compromisso laboral que me estava a deixar ansiosa mas não senti aquela vontade dolorosa de te contar. Não revirei mais o baú de lembranças e cada vez que passava a porta de tua casa não senti mais dor. É claro que me lembrei das coisas mais parvas que já fizemos, mas eram memórias guardadas na cabeça, despedidas naquela hora do coração. E por falar nele, ainda está aqui a bater forte mas agora não mais comprimido à espera de tuas notícias tuas. Aquelas que nunca chegavam. Ou então prendiam-se tempo demais na tua hesitação. Sabes quando tive a certeza que naquele dia, tudo ia ser diferente? Quando deixei de perseguir a felicidade como leão corre atrás da gazela. Quando passei a querer desfrutar mais de mim. Quando passei a não querer mais assinar a saudade com o teu nome. Voltei a para mim. E a comida voltou a ter sabor. A praia continua a ser o meu lugar favorito. E as músicas deixaram de ser nossas para passar a sentir-las como minhas. As noites são agora mais meigas e os sonhos deixaram de ser posse tua. Quantas coisas desarrumaste em mim. Deixaste o desassossego. As nossas fotografias são agora ternura e serenidade. Perdi a vontade louca de as rasgar, como se isso te aspira-se de mim. O amor nunca é um erro. O meu coração recuperou. Cicatrizou. E está pronto a bater de novo. Tudo passa. Se até tu passaste.

tumblr_lprr1naaFQ1qhucyho1_500.jpg

 

Coincide-te comigo

Sim, és boa pessoa. Talvez a melhor que conheci. Aquela que me tira do sério, e o pouco sério que já havia em mim. Nem sabes como o fazes, simplesmente fazes e não te das de conta. És fidelidade. Doçura. Meiguice. Paixão. Amor. Passado presente. Futuro ausente. És tudo aquilo que eu sempre quis e nunca soube que tive. Ainda te posso pedir um favor? Uma última vez. Um último suspiro. Um último sorriso. Segura na minha mão. Não pode ter sido apenas coincidência. Coincide-te comigo, porque estou cansada de tanta (coincidência) e nunca és tu.

tumblr_lnk437odka1ql8fufo1_500.jpg

 

É só um instante

Aproveita os todos os instantes mesmo que sejam pouco constantes. Mesmo que por instantes te pareça um sonho sem estante, mais vale isso, do que te ter aqui, estanque. Não é por nada, é por tudo ou porque num momento fomos mais do que instantes. Fomos constantes. És só um instante, breve, para sempre.

tumblr_m2joayew4w1rs6nu3o1_500_-_c__pia.jpg

 

Tens medo do amor?

O amor está banalizado. Parece exagerado dizer que te amo. Quase como se o amor fosse um adamastor que te assombra cada vez que tentas dobrar o cabo das tormentas que é o meu coração. Sim é para sempre. Porque tenho a capacidade de amar qualquer coisa, uma flor, um lugar, a montanha, a cidade, o que for. Pode perder-se tudo, a paixão, a confiança, o respeito, mas nunca se perde o amor. E quando descobrires que nunca deixaste de amar, descobriste que podes amar sempre mais.

flowers-girassol.jpg

 

O coração não engana

Queres encontrar uma resposta com a cabeça quando a devias procurar no teu coração. A racionalidade faz-te mal. Desvirtua-te. Inunda-te de quem não és, e dá jeito que sejas. Tens que saber calar os pensamentos e deixar falar o coração. E quando achares que ele está louco, deixa-te enlouquecer. Porque geralmente o coração é com o algodão, não engana.

tumblr_mgbs0fwnxX1s0jhfao1_400_large.jpg

 

Cruza-te comigo

Gosto de encruzilhadas. Não de labirintos. Que regra geral não levam a lugar algum ou levam a algum lugar que segue caminho nenhum. Ainda que sem saberes, houve quem se cruza-se, endorilha-se e me fizesse crer: "Ai cruzes". Ou então cruzes credo. Sempre te disse que precisaria de pouco para a me cruzar contigo. Sou cada vez mais fã do ocasional. Do destino. Do improvável. E novidade: de música, porque foi ao som dela que me cruzei contigo toda a noite. E é só isto que me chateia com tanta cruz, ainda não foi desta, que fiz a tua.

tumblr_la1brkMvJR1qbnvt1o1_400.jpg

 

Pág. 3/3